PAE3

Lisbon / Portugal / 2013

1
1 Love 880 Visits Published

O Pátio dos Artistas, ou pátio das Três Artes, está inserido na malha de Campo de Ourique onde ocupa o interior de um quarteirão delimitado pelas ruas Coelho da Rocha, Ferreira Borges, Saraiva Carvalho e Tomás da Anunciação, com acesso através de um arco pela Rua Coelho do Rocha, número 69. O conjunto arquitectónico, projectado pelo arquitecto José Cristino da Silva, foi construído entre os anos 1944 e 1946. Definido inicialmente pelo arquitecto responsável como de “tipo ligeiro”, integra-se na tipologia arquitectónica do Estado Novo. Os ateliers foram construídos com materiais económicos, mas resistentes, como o betão e o tijolo.


A intervenção no interior mantém o carácter aberto do atelier, tendo em conta o seu significado histórico e do conjunto, propondo a estrutura espacial do “Loft”.


A habitação configura um T2 em que a sala, cozinha e área de serviço no piso térreo configuram um espaço comum. O escritório, IS privada e quartos, sobrelevados do espaço comum em duas alturas assumem-se como áreas pessoais aproveitando o duplo pé direito e tirando partido da inclinação existente das águas da cobertura.


A habitação com entrada principal pelo topo Norte desenvolve-se da entrada aberta para a sala de estar até à cozinha no topo Sul. No topo Norte, a IS e os arrumos mantêm a mesma função e localização. No topo oposto, a mezzanine existente será substituída por outra mais elevada, para permitir um pé direito regulamentar na zona da cozinha. Por cima da cozinha  situa-se o escritório, IS privada e área técnica, que utiliza a chaminé existente para a extracção de fumos. Aproveitando o duplo pé direito propõe-se a criação de uma mezzanine localizada ao meio do edifício e mais elevada que a outra onde ficarão os quartos. A ligação entre elas é feita por uma escada. Os espaços criados entre o plano inferior da cobertura sobre as mezzanines satisfazem a todas as condições de salubridade e regulamentares de espaços habitáveis. Todos os compartimentos são iluminados e ventilados por vãos abertos no plano do telhado e cumprem o pé-direito mínimo regulamentar. A zona de sótão não habitável sem pé direito regulamentar foi integrada no espaço. Em todos os casos, estão devidamente asseguradas boas condições de isolamento térmico conforme projecto específico.


Os quarto tem ainda um vão interior para a clarabóia. O vão será equipado com uma tela blackout para garantir o seu escurecimento total.

1 users love this project
Comments
    comment
    Enlarge image

    O Pátio dos Artistas, ou pátio das Três Artes, está inserido na malha de Campo de Ourique onde ocupa o interior de um quarteirão delimitado pelas ruas Coelho da Rocha, Ferreira Borges, Saraiva Carvalho e Tomás da Anunciação, com acesso através de um arco pela Rua Coelho do Rocha, número 69. O conjunto arquitectónico, projectado pelo arquitecto José Cristino da Silva, foi construído entre os anos 1944 e...

    Project details
    • Year 2013
    • Work started in 2012
    • Main structure Wood
    • Status Current works
    • Type Adaptive reuse of industrial sites / Apartments / Single-family residence / Interior Design / Custom Furniture / Lofts/Penthouses / Recovery/Restoration of Historic Buildings / Furniture design
    Archilovers On Instagram
    Lovers 1 users